Alunos do Villac realizam apresentação aliando poesia e arte

Arte e poesia! Os alunos do Ensino Médio da Escola Popular Madre Maria Villac promoveram, nesta manhã, uma apresentação que teve como inspiração a Semana de Arte Moderna de 1922. Os brilhantes recitaram poemas e dramatizaram os acontecimentos deste marco da história da arte brasileira. O evento faz parte da programação da Semana da Poesia da Escola.

De acordo com o professor de Literatura, Reginaldo Brandão, a apresentação de hoje encerrou o ciclo de atividades em alusão a Semana da Poesia do Villac. “Durante toda a semana, a poesia foi trabalhada com todas as séries. Hoje, encerramos a Semana da Poesia com apresentações, inclusive com essa dramatização sobre a Semana de Arte Moderna de 1922 onde os alunos da 2ª série do Ensino Médio se dedicaram muito, ensaiaram e se emprenharam nessa peça”, disse.

Durante a apresentação os alunos recitaram vários poemas de grandes poetas brasileiros, e conseguiram passar, através da entonação e de todo contexto das encenações, toda a ebulição cultural provocada pela Semana de 1922.

Semana de Arte Moderna

A Semana de Arte Moderna de 1922, realizada em São Paulo, no Teatro Municipal, de 11 a 18 de fevereiro, teve como principal propósito renovar, transformar o contexto artístico e cultural urbano, tanto na literatura, quanto nas artes plásticas, na arquitetura e na música. Mudar, subverter uma produção artística, criar uma arte essencialmente brasileira, embora em sintonia com as novas tendências europeias, essa era basicamente a intenção dos modernistas.

Durante uma semana, a cidade entrou sob a inspiração de novas linguagens, de experiências artísticas, de uma liberdade criadora sem igual, com o consequente rompimento com o passado. Novos conceitos foram difundidos e despontaram talentos como os de Mário e Oswald de Andrade na literatura, Víctor Brecheret na escultura e Anita Malfatti na pintura.

O principal legado da Semana de Arte Moderna foi libertar a arte brasileira da reprodução dos padrões europeus, e dar início à construção de uma cultura essencialmente nacional.

Confira algumas fotos abaixo: