Dia 2 de Abril é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo

O Dia Mundial do Autismo foi criado pela Organização das Nações Unidas, em 18 de dezembro de 2007. O objetivo da data é combater o preconceito através da informação. 

Neste ano, o tema escolhido pela ONU é “Em direção à Autonomia e à Autodeterminação”. Para o secretário-geral da ONU, o português António Guterres, o reconhecimento dos direitos dos autistas como cidadãos é fundamental: “quando desfrutarem de igual oportunidade para terem autodeterminação e autonomia, as pessoas com autismo estarão empoderadas para fazerem um impacto positivo ainda mais forte no futuro de todos nós”, comentou em sua mensagem sobre a data.
A psicóloga e coordenadora da Educação Inclusiva no IDB, Viviane Faria, nos disse que “conviver com crianças dentro do espectro autista e seus familiares tem sido um aprendizado ímpar para nós da escola. Conviver implica em: reconhecer que as diferenças não estão nos outros, mas em todos nós, que precisamos repensar diariamente nossas práticas pedagógicas tornando o aprender mais significativo, enfrentar desafios e vibrar com as conquistas”. 
No Brasil, é comum celebrar a data com eventos públicos e palestras que acontecem em quase todas as cidades brasileiras.  Ao redor do planeta, numa iniciativa liderada pela instituição estadunidense Autism Speaks, chamada de “Light It Up Blue”, “Acenda Uma Luz Azul” em tradução livre, importantes pontos são iluminados de azul para chamar a atenção e disseminar mais informação sobre a síndrome. Exemplos disso são: o Empire State Building e a Estátua da Liberdade, nos Estados Unidos; a CN Tower, no Canadá; as Pirâmides do Egito; a London Eye, na Inglaterra; a Torre Eiffel, na França; e muitos outros em volta do planeta. E, no Brasil, não podia ser diferente, o Cristo Redentor e mais dezenas de outros cartões postais país afora.
Vista-se de  azul hoje e conscientize alguém com informação a respeito de autismo.

Paz e Bem!