Clarissa Vilar, antiga aluna, lança seu livro no IDB

DSC_4816
Lançamento do livro “De Outro Olhar do Coração”, de Clarissa Vilar.

Na última segunda-feira, 17, o Instituto Dom Barreto celebrou o Dia do Carinho, data instituída pela escola para lembramos o nascimento do professor Marcílio Flávio Rangel de Farias. Como parte das atividades culturais deste dia, a antiga aluna, Clarissa Vilar, veio ao IDB para o lançamento seu primeiro livro “De Outro Olhar do Coração”, no ginásio Barretinho.

Participaram do evento os alunos do 8º e 9º Ano do Ensino. Também estiveram presentes a professora e diretora da instituição, Stela Rangel, a diretora da Escola Madre Maria Villac, Camila Rangel, e as professoras de Literatura do IDB, Graça Vilhena, Conceição Neri e Luana Camargo.

DSC_4873
Alunas do 8º e 9º Ano declamaram poesias.

No encontro, a professora e poetisa Graça Vilhena fez a apresentação do livro de Clarissa aos presentes. Em seguida, Clarissa agradeceu a escola pela oportunidade. “É uma honra e um prazer estar aqui hoje, colégio que estudei e que teve um papel muito importante na minha formação. Quero agradecer pela oportunidade de lançar meu livro no Dia do Carinho, data que homenageia o professor Marcílio, que tanto me incentivou”, afirmou a jovem de 25 anos, que é estudante de psicologia e colunista do Portal Entretextos.

Clarissa comentou ainda sobre a inspiração para fazer o livro. “O que meu coração olhou todos esses anos? As novas tecnologias, a dificuldade das pessoas de lidar com seus sentimentos, minhas viagens, meu curso de Psicologia, toda a realidade que atravesso me inspirou e ainda me inspira a escrever. Sobretudo, meu coração olhou para algo que mora bem dentro dele: o amor”.

DSC_4920
Clarissa e as alunas no momento do sorteio.

A professora Conceição Neri discursou sobre poesia e como seu existir é importante em nosso dia a dia. As alunas do 8º e 9º Ano aproveitaram a oportunidade e declamaram belíssimas poesias e encantaram todos que assistiam.

E para complementar o belo momento poético, não poderia faltar  a combinação de ritmo, harmonia e melodia para abrilhantar ainda mais a noite. A professora de Artes do IDB, Adê Porfírio, cantou e encantou todos os presentes. No repertório, Adê cantou “Ainda Bem”, de Marisa Monte, “Quero Ser Feliz Também”, do Natiruts, e em homenagem a nossa capital, cantou a canção do compositor José Rodrigues, “Teresina”.

Em agradecimento, Clarissa sorteou livro para os alunos e presenteou os professores, os colaboradores do apoio pedagógico e os psicólogos que estavam presentes. Foi uma noite brilhante, emocionante e cheia de carinho.

Paz e Bem!